Prefeitura realiza fórum pelo Dia de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

DSC_7552.jpg

 

A prefeitura de Barra do Piraí, através do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), promoveu nesta quinta-feira, 18, o II Fórum em comemoração pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O encontro aconteceu no Barra Tênis Clube, com a presença de diversas autoridades, entre elas, a juíza titular da Vara de Família, da Infância, da Juventude e do Idoso, Danielle Rapoport, e a promotora de Justiça da Infância e da Juventude, Patrícia Vianna Vieira.

 

Na fala de abertura, tanto a juíza quanto a promotora expressaram o desejo de que o poder público municipal se esforce mais para cumprir o que preconizam as leis de proteção da criança e do adolescente. O palestrante do evento foi o assistente social Charles Toniolo de Souza, que é professor da Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O tema de sua explanação foi: “Reflexões sobre a violência sexual contra crianças e adolescentes e os mecanismos protetivos”.

 

A presidente do CMDCA, Daniela Oliveira, reiterou que a rede pública de proteção para crianças e adolescentes precisa ser fortalecida. “Os equipamentos da Assistência Social existem para trabalhar na garantia do desenvolvimento social do sujeito como um todo. Isso se torna ainda mais premente no caso de crianças e adolescentes, que formam uma parcela da população que está mais vulnerável à violência. A data de hoje existe para despertar em cada cidadão a consciência de que todos somos responsáveis pelo combate à violência contra crianças e adolescentes”, disse.

 

A secretária de Assistência Social, Paloma Blunk dos Reis Esteves, afirmou que o governo municipal tem compromisso com a consolidação das políticas públicas de proteção da criança e do adolescente. “Quando assumi a gestão da pasta, sabia que teria um grande desafio pela frente. Mas eu tenho certeza de que é possível vencê-lo da forma como estamos trabalhando: com seriedade, respeito e compromisso. O nosso objetivo primeiro é fazer com que os equipamentos da Assistência Social se tornem cada vez mais eficazes na atuação das garantias de direitos universais de crianças e adolescentes. Toda violação de direitos é uma forma de violência”, ponderou.

JoomShaper